quarta-feira, janeiro 28, 2009

Abraçar a Poesia


Ilustração,desenho de Leonardo da Vinci.


Abraçar a Poesia

carmen l. fossari


Para fluir a Poesia, há que navegarmos ao mar,
transpassadas as nuvens que afastam todos os braços
dos abraços e beijos os ditos e os feitos
, feitios de caminhos de bem querer.
Para nascer à poesia...
a água que garante a flor não pode ser trocada
por qualquer líquido escuro
escorrendo as palavras medidas, comedidas
, sem emoção, ao sabor do dissabor.
Que a poesia é transparência, é cristal, é água da fonte,
escorrendo entre musgos e pedras,
entre flores e mato e cheiro de terra molhada.
Que a poesia embora nascida da palavra meditada,
não pode jorrar na inspiração metrificada


A poesia há de estar na espontaneidade,
na incredulidade, ao arrojamento, na coragem de
virar a mesa, revirar entranhas, escancarar o peito,
deixando dele, ao meio dos seios
voarem todos os pássaros
os que escutam as estrelas murmurantes, na madrugada longa
ao fio dalua descida
onde em varais todos os eus quaram à noite,
e trazem a luz em raízes de todos os braços que não se furtam ao abraço
que a poesia é como uma constelação de verdades brilhando entre os olhos que costuram
os afetos sem pudor, sem temor
apenas e mansamente um beijo
entre a face da alma
e a borda do corpo
que a abraça.

3 comentários:

joão m. jacinto & poemas disse...

A poesia é um mar sem fim
onde nos aventuramos
com a coragem de vencer tormentas e mostrengos,
num pequeno barco de papel,
providos de palavras em português
e de vida,
sob um céu de constelações de verdades,
cruzado pelos ventos do fado,
que sopram de feição
à liberdade
para que se cante o amor,
e se escreva o uni verso.


Parabéns Carmen!

Belo poema, sobre a poesia e a vida!

bjs,


joão m. jacinto

CARMEN FOSSARI disse...

Agradeço sua poesia sobre a poesia, como havia escrito ao amanhecer não o tinha relido.
Retornei agora e percebo que se ao dia pesquisei sobre as contelações ao aspecto astronomico, já havia ao universo do in consciente ecrito algo sobre o tema constelar, embora o tma seja motivador, não sei se mais motivo ou se dor,mas sei que ainda o tentarei.
Obrigada,

bj
carmen

Josemar disse...

Fale seis coisas aleatórias sobre você.As regras são simples:
* Colocar o link de quem te indicou para a brincadeira.
* Escrever as regras para deixar o jogo mais claro.
* Contar seis fatos aleatórios sobre você.
* Convocar seis blogueiros para fazerem o mesmo. Os convocados são: Esquerda festiva/grestrela/armazemdapalavra
* Avisar os convocados.