terça-feira, junho 22, 2010

era uma vez no pântano dos gatos

Era uma vez no Pântano do Gatos
De Marina Carr


tradução de Alinne Fernandes (Queen´s University Belfast, Santander Universities Network)


Direção : Carmen Fossari









elenco e a tradutora

Era uma vez no pântano dos gatos


a mãe do noivo , vaiao casamento vestida de noiva.



Era uma vez no Pântano do Gatos






Uma rara oportunidade do público de Florianópolis e estudantes de Teatro conhecerem a Dramaturgia da escritora Irlandesa mais influente da Irlanda Contemporânea Marina Carr.

Nos dias 28 e 29 de Junho as 20.30 será realizada uma leitura dramática encenada da peça:Era um vez, no Pântano dos Gatos .

A concepção da direção ambientou a peça, num clima que evoca um pântano, usando para tanto vários recursos a saber:
Iluminação indireta ao meio do público, clima com efeitos de um fog entre platéia e palco, figurino todo ao clima Vintage. Inserção de vídeos e um Coro que realiza a sonoplastia ao vivo.

O inusitado deste trabalho cênico está no fato de que a partir do corpo
e voz dos atores são recriados sons da natureza ao mesmo tempo que os corpos adquirem texturas cenográficas, da natureza vegetal encontrada nos Pântanos.

Todo trabalho vocal está a cargo da Professora de Técnica Vocal da Oficina Permanente de Teatro a música e compositora do Cravo da Terra Ive Luna, o trabalho corporal é coordenado pela atriz e bailarina Mariana Lapolli, que recém interpretou a personagem Irmã Celeste, filha de Galileu Galilei, na peça AS LUAS DE GALILEU GALILEI.O ator Nei Peri que interpretou
Galileu integra o CORO CORPO VOZ








O texto

O terceiro de uma Trilogia de Marina Carr aborda a temática de uma mulher a Ester Cisnéia, origem cigana, que vive num Pântano ao momento em que seu ex companheiro,o Cartageno, a abandona e esta se casando com uma noiva mais jovem e rica Carolina, filha do proprietário das terras adjacentes ao Pântano, Xavier Cassidy.
Ester Cisnéia vive a margem de todos os afetos, reproduzindo o clima trágico de Medéia, embora o texto contemporâneo traga elementos do realismo fantástico, mesclados com personagens absurdamente histriônicos como a Sogra Mattanora, que vai ao casamento do filho Cartageno, vestida de noiva.

A autora em sua primeira fase seguiu a linha do teatro de Samuel Beckett, do Teatro do Absurdo, mas foi na linha do Realismo Fantástico que obteve pleno êxito com sua dramaturgia.

O Tradutor e a Direção

Todo processo está sendo registrado em fitas cassetes, vídeos e fotografias. “O texto dos atores e atrizes , bem como o da direção , servirão de subsídios a tese de Doutorado Alinne Fernandes na ““Queen´s University Belfast, Santander Universities Network”.
A pesquisa de Alinne, que já foi aluna de teatro da OPT-DAC, versa sobre o tema O TRADUTOR E A DIREÇÃO.

Alinne traduziu o texto e ao Processo com o elenco e a direção, reedita sua tradução, resultando num instigante processo para todos envolvidos no processo e que certamente resultarão numa leitura encenada de elevado valor artístico e cultural.
ELENCO :

Alê Borges – XAVIER CASSIDY
Ana Paula Lemos Souza - ESTER CISNÉIA
Antonieta Mercês - DONA MATTANORA
Cristiano Mello –AQUELE QUE ESPREITA ALMAS
Neusa Borges- MULHER GATO
Douglas Maçaneiro -CARTAGENO MATTANORA
Flora Moritz -JOSIANE MATTANORA
Simão Grubber- PADRE WILLOW
Marcia Cattoi – CAROLINE CASSIDY, A NOIVA
Marlon Casarotto - GARÇOM
Nathan Carvalho- GARÇOM
Roberto Moura – O FANTASMA DE JOSÉ CISNÉIA
Rosa Leidens -MONICA MURRAY -A VIZINHA

CORO CORPO VOZ:VANESSA PEREIRA GRUBER,NEI PERIN,SILMARA GRUBBER,RUBIA MEDEIROS,MURIEL MARTINS,BRUNO LEITE,MARIANA LAPOLLI,LUCIANA CRISTINA,ADENILSE VENTURIERI e PATRÍCIA CRUZ




TÉCNICA:
Trabalho de Voz: IVE LUNA
Trabalho Corporal : MARIANA LAPOLLI
Professores da OPT Augusto Sopran , Alexandre Passos , Sérgio Bessa , Ive Luna e Carmen Fossari.
Operador de Imagens: IVANA FOSSARI
Luz, Figurino: CALU
EFEITOS:O Grupo
Apoio : IVO GODOI
Pesquisa Musical: SÉRGIO BESSA
Fotografia: Alinne Fernandes e Carmen Fossari
Produção : PESQUISA TEATRO NOVO


.



dias: 28 E 29 de Junho
horário: 20:30
teatro : Teatro da UFSC
entrada mediante convite: 37219348- DAC. A/C Jussara( período
verspertino ou na bilheteria do Teatro meia hora antes do início.


Direção Geral:CARMEN FOSSARI

Promoção DAC- SECARTE -UFSC 50ANOS

.


.

montagem de cenário

4 comentários:

Raimundo Barros disse...

Gostei muito das fotos! Agora só falta marcar lugar na primeira fila, com outro meu amigo português também seu amigo e poeta!

bjs,


RaiBarros

CARMEN FOSSARI disse...

RAI BARROS
Pois que já encomendei na Central dos Ingressos na primeira fila, e para dois espetáculos, sendo que o outro será um musical DA COROA AO CRAVO, quando " en gira " por Brasil, só que trocaremos entre vc e eu as posições, primeiro vc na Platéia, e depois eu na Platéia, acho que igual aplaudiremos com intensidade e a mesma cumplicidade diante d.arte
Bjs
Carmen

Antonieta Merces disse...

Saudades! Foi uma grande experiência e um aprendizado a ser levado adiante.

Antonieta Merces disse...

Saudades! Foi uma grande experiência e um aprendizado a ser levado adiante.