quinta-feira, junho 19, 2008

CINCO


CINCO

carmen l. fossari

CINCO TEM O MISTÉRIO
DE SERES
COMO O VULCÃO EM ERUPÇÃO
OU APENAS A PEDRA NO JARDIM
SENDO EM SI SEM O SABER
E SENDO PLENA SE LAPIDADA OU
NATUREZA BRUTA
CINCO SÃO OS DEDOS DA MÃO,
FECHADOS.
UMA CONCHA FORMADA
NA UNIDADE QUE REPRESENTA UM INÍCIO
COMO A CRIAÇÃO DO MUNDO
SEGUNDO NOS CONTAM OS MAIAS
A CONCHA DA MÃO EM CINCO
AOS DEDOS FECHADOS
CONTÉM A VIDA QUE ALÍ ESTEVE
O UM MENOS, A VIDA QUE NÃO ESTÁ.
NUNCA O ZERO ADMITIDO
AOS MAIS EM SABEDORIA
DISSERAM.
ENTÃO SERÁ ACRESCIDO AO NASCIMENTO
UM, A VIDA QUEAGORA ESTÁ
OU
O DIA DE NASCERES
ENTRE AS ERUPÇÕES CALOROSAS
DOS VULCÕES
E A SABEDORIA DAS PEDRAS
LAPIDADAS OU DE CHUVA LAVADAS.
NA SOMATÓRIA
A PALMA
A MÃO
O CINCO
E..
UM SOL ESTRELAR NA PALMA
DA MÃO
NA ALMA
DE TODAS AS LUAS
NASCIDAS DOS SONHOS
NO BERÇO DA ESPERA.


ilha XVII VI MMMVIII


.

3 comentários:

Kaputz disse...

oi Carmen,exercitando o misticismo?
bjs.

caluaranda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CARMEN L. FOSSARI disse...

Márlio kaputz... ainda não de todo ,se fores in
www.carmenfossarintatuagem.blogspot.com
irás ver que se trata de uma novena poética, presente de aniversário


beijim
carmen