sexta-feira, fevereiro 08, 2008

SIMONE OLIVEIRA




SIMONE DE OLIVEIRA

DAS ARTES DA REPRESENTAÇÃO AO CANTO
CENAS DE INTIMIDADES.
À VISCERAL ARTE PONTUADA
CADA PAUSA,CADA OLHAR
LACRIMEJADO,
AS LEMBRANÇAS ENUNCIADAS .
CADA SORRISO ,
A ALMA QUE SE DESNUDA.

E ÉS TU SIMONE E SOMOS NÓS,
QUE EM TI NOS ESPELHAMOS.

SOIS DOS RAROS SERES
QUE ACENDEM CAMINHOS DE LUZ,
TUA ARTE NOS IRMANA
ENTRE SERES HUMANOS
AO MOMENTO QUE TE ABSORVEMOS
EM CANTO, EM PERSONAGENS
NESTE MOSAICO HUMANO
REFRATAS OS PRISMAS ,
TUA ÍMPAR INSPIRAÇÃO.
A SAGRADA TRANSPIRAÇÃO
A ARTISTA,
A MULHER,
A CIDADÃ LUSA,
DE UNIVERSAL GEOGRAFIA
EIS TUA , A VOZ
FORTE E ROUCA
DELICADA E INCISIVA
REPLETA.
ÉTICA QUE BORDA OS FIOS
DO TALENTO IMENSURÁVEL
VOZ QUE ECOA VOZES
DOS POETAS
DOS MÚSICOS E
DRAMATURGOS .

ASSIM PROLONGAS AOS FADOS
AS LISBOAS,
AS GENTES DE OUTROS CONTINENTES,
TODAS AS MÚSICAS.
O TANGO TE ABRAÇOU
E BEIJASTES OS RIOS
CAUDALOSOS DE VERSOS ALMAS
BEIRANDO TODAS AS ARTÉRIAS
AS ARTÉRIAS DE ARY DOS SANTOS
EUGENIO DE ANDRADE
TODOS OS POETAS
VIVERAM
SUA VOZ PRESENTIFICOU ETERNIDADES
TANTA VIDA INSUFLOU,
CINCO DÉCADAS E,
EM SENDO JÁ UMA LENDA,
NÃO TE FURTAS
DE ENTOAR,
A ARTE VIVA,
DE ASSIM SERES.
VIVER.
DESAFIAR
DESAFINAR ?
NEM PENSAR!


ROSA EM BOTÃO E PROMESSA
QUE O FOSTES
QUE AINDA O ÉS
QUE SE PROMETE E SE CUMPRE
QUE RECOMEÇA AO SOLO
MESMO TENDO CONSEGUIDO DE TUA ARTE
TOCAR NO OLIMPO DA CRIAÇÃO.



CARMEN L. FOSSARI


Simone ,
Parabéns por seu cinqüentenário de arte , bodas de ouro com a vida, com a arte, com a contemporaneidade.
---
No próximo Domingo, dia 10 de Fevereiro, pelas 23 horas, a Rádio e Televisão de Portugal, canal 1 irá transmitir um programa especial sobre Simone de Oliveira, comemorativo, não só dos seus 50 Anos de Carreira, como também para assinalar o seu 70º aniversário, que se concluirá no dia seguinte.
foto e texto sobre Tv do Blog de João M Jacito,poeta que possibilitou a honra de adentrar ao universo de Simone De Oliveira. cf

4 comentários:

joão m. jacinto & poemas disse...

Grato, Carmen!
Parabéns, pelo belo poema Simone de Oliveira, que tão bem a retratou!
Publiquei-o igualmente no meu blog.
Irei entregá-lo a Simone logo que tenha oportunidade.

Foi um belo documentário sobre a vida de Simone!

bj,

joão marques jacinto

carmen fossari disse...

João
Agradeço mas tenho que reconhecer que muito do olhar que vislumbrei Simone de Oliveira,nasceu da sensibilidade com a qual fui apresentada mais amiúde a sua obra.
E me refiro,a quem nascido no Montijo, adulto tornou-se poeta e adjunto de sua lavra , colhe da arte as sementes e frutos raros, replantando-os em geografias tantas.

Assim ouso dizer que este poema nasce muito do Menino do Montijo e sua particular visão da dimensão de Simone, em seu olhar perspicaz, que felizmente , neste rastro de luz, minha vista alcançou.

EVOÉ, OBRIGADA

Bj

Carmen L.Fossari

joão m. jacinto & poemas disse...

O lado de fora é visto por cada um, de acordo com o que se sente e como se vive em seu interior.

São os olhos da alma,
aqueles que não padecem dos males
da visão,
os que alcançam mais longe.

bj

joão m. jacinto

carmen fossari disse...

Pura poesia que alcança, ao dizeres do longe, o mais próximo de eu .
Obrigada , o Armazém se ilumina, de sua presença que fica.

bj

carmen l. fossari